3 de mai de 2016

Acervo Fotográfico do Arquivo Histórico de São Paulo

Quem precisar consultar o acervo fotográfico do Arquivo Histórico de São Paulo pode fazê-lo utilizando o link a seguir: ACERVO!

E no site "Da relíquia ao virtual" estão muitas preciosidades como imagens de logradouros, edifícios, mapas e até desenhos como este anteprojeto para o Estádio do Pacaembu, do escritório Severo & Villares, de 1934.




Fonte: Exposição "A cidade e seus documentos"de 2011.

29 de abr de 2016

GEOSAMPA tá no ar!

Já faz um tempinho que o Geosampa foi ao ar, mas como somente agora estou voltando ao blog aproveito para compartilhar a notícia e o link!

O Geosampa é uma ferramenta de consulta de informações urbanísticas da cidade de São Paulo e funciona de forma dinâmica e interativa. 

É o usuário quem escolhe o tema de sua pesquisa e sobre qual base quer vê-la visualizada (atualmente são 4 bases disponíveis: um mapa  político administrativo, uma ortofoto de 2004 - que deu origem ao MDC - mapa da cidade, um mapa topográfico e o mapa Sara Brasil - feito na década de 1930).

Assim, é possível sobrepor informações como linhas de ônibus, ocorrência de equipamentos urbanos, zoneamento e várias outras informações importantes do PDE-2014 sobre a base desejada.

Também é possível baixar em forma de dados abertos muitas outras informações.

A base Sara Brasil foi recentemente disponibilizada para visualização.

Interface do Geosampa: base Sara Brasil, camadas de hidrografia e ZEIS.
O Sara Brasil é um levantamento pioneiro feito com uma técnica chamada aerofotogrametria, que consiste num mapeamento feito a partir de fotos áreas. O trabalho foi realizado entre 1928 e 1933 pela empresa italiana Societá Anônima de Rilevamenti Aerofotogrammetrici – SARA. O projeto fez com que São Paulo fosse a primeira cidade no mundo a produzir cartas detalhadas em escala 1:1.000, impressas também em 1:5.000. (Fonte: Gestão Urbana SP)

O Geosampa é um portal da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano (SMDU), feito por meio do Departamento de Informações (DEINFO), e desenvolvido pela Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Município de São Paulo (PRODAM).