30 de abr de 2010

JVA Arquitetos Noruegueses


Edge House, 160m2, 2008.

O grupo norueguês JVA é formado pelos arquitetos Einar Jarmund e Hakon Vigsnaes, estabelecidos em Oslo desde 1996. À partir de 2004 Alessandra Kosberg passou a integrar a equipe que tem sua obra representada em sua maior parte por edifícios públicos e belas casas. Também estão envolvidos em projetos urbanos e desenho de interiores.

No site os projetos estão divididos em categorias Large, Small, Misc e Unbuilt. A casa acima é a Edge House e situa-se na categoria Small. Vai lá e confere! Tem excelentes projetos! Dica do colega Isac Marcelino!

23 de abr de 2010

Soluções para a porção leste da região central de São Paulo em livro!















Vista do impacto produzido no Parque D. Pedro II pelos sistemas de vias expressas e de transporte público que, dada a ausência de cuidado em sua implementação, destroem seu atributo de parque. Fonte: UOL, 2010.

Lançado na semana passada, o livro " A leste do Centro, Territórios do Urbanismo" de Regina Meyer e Marta Grostein propõe, através de minuciosos estudos, melhorias para a região central da capital paulista.

Em postagem de Janeiro de 2009: Novas (velhas) soluções urbanas já manifestava minha indignação com o descaso com que estes bairros vem sendo tranformados! Tomara que as propostas sejam boas, viáveis e oportunas para a recuperação de uma área tão importante da nossa cidade!

A publicação, da Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, é um belo exemplar ricamente ilustrado com mapas, fotografias (antigas e recentes) e propostas de intervenção na região dos bairros abrangidos pelo chamado vetor Leste (Brás, Pari, Mooca e Glicério).


Entrevista às autoras no portal UOL pode ser conferido AQUI.

Fotos do livro estão neste ÁLBUM!

Para COMPRAR o livro (R$ 130,00 em Abril de 2010)



12 de abr de 2010

Expo Casa Alemã Ecoeficiente no Ibirapuera













Fonte: Camara Brasil Alemanha, 2010.

Inaugura amanhã ÀS 11h (13 de Abril de 2010) a exposição Casa Alemã a Casa Ecoeficiente no Parque Ibirapuera, próximo ao pavilhão do Museu Afro Brasileiro. A exposição abre a semana com vários seminários e debates acerca do tema da construção ecoeficiente. Confira no LINK a programação completa e vá se tiver oportunidade!

A casa alemã é baseada no modelo de habitação sustentável da Universidade Técnica de Darmstadt, proposta vencedora do Solar Decathlon, concurso patrocinado pelo Departamento de Energia dos EUA em 2007 e 2009.

Neste ano esta em curso em Madrid o Solar Decathlon Europa e o Brasil esta participando com a Casa Solar Flex através de uma parceria entre universidades Brasileiras (USP, UNICAMP, UFMG, UFRJ, UFSC e UFRGS). O evento será realizado entre Maio e Junho.


Video da experiência alemã no Solar Decatlhon 2009. Fonte: YouTube, 2010.

Biblioteca Des Moines | David Chipperfiled
























Fonte: Google Maps, 2010.


A Biblioteca Pública de Des Moines em Iowa é projeto de David Chipperfiled e foi construída entre 2001-2006 (projeto e obra). A implantação do edifício de 13.500 m2 na porção leste do "Western Gateway Park" (uma área destinada a ser um parque e que tem sido objeto de várias intervenções urbanas dentre elas a própria biblioteca) gera diversos espaços residuais com qualidades muito específicas: junto à Grand Avenue (ao norte) posta-se de forma mais linear mas nem por isso menos irregular; há duas inflexões nesta face que criam uma praça de acesso que conduz ao sub-solo. Nas demais sucedem-se praças mais generosas (a oeste) e uma praça de acesso mais voltada para o pedestre (leste).Todas constituindo-se como espaços de continuidade (visual ou física) da biblioteca.

O edifício de dois pavimentos assenta-se sobre um piso de estacionamentos no sub-solo e é todo revestido por esquadrias de metal e vidro. Este, em três camadas recheadas com malha de cobre, além de filtrar a luz e melhorar a performance térmica também confere uma textura homogênea ao volume e garante uma relação intensa entre os espaços internos e externos (durante o dia o interior não é visto, apenas à noite).

1 de abr de 2010

Terrain Vagues por Edilene Donadon

















Imagens:Edilene Donadon, 2007.

Com o título "Terrain Vagues": um estudo das áreas urbanas obsoletas, baldias ou derrelitas em Campinas a colega Edilene Donadon, orientada pelo Prof. Denio Munia Benfatti, defendeu sua dissertação de mestrado na FEC - Unicamp no ano de 2009.

"Terrain Vagues são os lugares esquecidos na cidade, mas, de forma contraditória, repletos de memória do passado incidindo sobre o presente. Este trabalho tem como objetivo verificar se o conceito estabelecido por Ignasi de Solà-Morales, denominado como Terrain Vague, aplica-se às áreas abandonadas e obsoletas na cidade de Campinas-SP. A pesquisa localiza essas áreas ao longo dos rios, das estradas de ferro desativadas, das áreas industriais obsoletas, que descrevam uma situação de abandono, de forte memória de lugar e de possibilidades múltiplas e originais. No estudo de campo, foram identificadas e analisadas as áreas quanto ao seu tipo e à sua formação: linhas férreas e pátios de ferrovias abandonados ou subutilizados; mudança ou deslocamento de áreas e lotes industriais - friche industrielle; margens de córregos com ocupações incompletas ou que se caracterizam como franjas de outras ocupações. Desse modo, o trabalho intenta revelar, através de um conjunto de documentos e sua análise, a potencialidade e a singularidade dos terrain vagues e a sua importância para a cidade, em termos quantitativos e qualitativos. Pretende-se, assim, evidenciar a necessidade de uma abordagem mais completa dessas áreas antes de sua total ocupação, ocupação esta que vem ocorrendo de maneira desordenada nas últimas décadas."


No mês de março assisti a uma apresentação sobre a dissertação e gostei muito. Fiquei bastante interessada na leitura integral do documento e disponibilizo AQUI o link para download. Edilene seu trabalho ficou excelente! Parabéns! :-)