23 de abr de 2009

Estacionamento para bicicletas


Animação, site da bike tree, 2009.

Em tempos de crise econômica, energética e ampliação da cosciência ecológica a gente vê gente propondo de tudo, até estacionamento ecológico para bicicletas!! A empresa bike tree - uma empresa suiça, desenvolveu um sistema para estacionar as bikes num equipamento semelhante a uma árvore!

O sistema consiste em armazenar a bicicleta numa estrutura coberta e de forma elevada cujo funcionamento eletrônico é feito através de um cartão magnético. Toda a eletricidade necessária para o funcionamento é gerada por energia solar.

Legal, né? Se pensarmos que a implantação de bicicletários pode ser muitas vezes um processo longo e oneroso o sistema
bike tree podería funcionar como um bicicletário portátil. Só acho discutível o equipamento utilizar energia (tudo bem é solar ...mas é energia!)!

Nas cidades holandesas, onde o uso da bicicleta é comum há muitos anos, estacionar sua bike pode ser um problema (muitas vezes é difícil encontrar
um poste livre para prendê-las e não é todo lugar que dispõe de um bicicletário). Em algumas ruas mais residenciais as magrelas são guardadas em containers metálicos ou mesmo em suportes com fechaduras muito simples.


Rotterdam, container, makau, 2007.


Rotterdam, suporte duplo para bikes, makau, 2007.


Confira no
designboom uma postagem sobre o uso de energia solar em estacionamentos e painéis solares para carregamento de bicicletas e carros elétricos!

Veja o filme que mostra a bike tree em ação! Já pensou se a moda pega!?


21 de abr de 2009

Mansilla y Tuñon | Entrevista


Emílio Tuñon e Luis Mansilla, entrevista em Vicenza, Dez. de 2008.

Achei oportuno linkar a entrevista dos arquitetos Emilio Tuñon e Luis Mansilla por admirar seu trabalho e aproveitar para exibir imagens de três projetos de que gosto muito: as piscinas públicas em San Fernando de Henares (1994-1998), o Centro de Documentação Regional de Madrid (1996-2002) e o MUSAC - Museu de Arte Contemporânea de Castilla y León (2001-2004) pelo qual a dupla recebeu o prêmio Mies van der Rohe em 2007.

Solicitados a dar um conselho aos mais jovens foram direto ao ponto: primeiro sintam-se confortáveis com as suas vidas e em seguida abram bem os olhos e os ouvidos para aquilo que é essencial >> observe e reflita sobre tudo aquilo que vê!


Complexo de piscinas em San Fernando de Henares.


Centro de Documentação Regional de Madrid.


Museu de Arte Contemporânea em Castilla y León.

Formados em Madrid pela
Escuela Técnica Superior de Arquitectura (ETSAM) no início da década de 80, associaram-se em 1992 criando o escritório Mansilla & Tuñon e vem desde então realizando projetos de grande porte principalmente na Espanha.

LINKS RELACIONADOS:

Eles também tem blog! Vai lá!

Fundação Mies Van der Rohe | Prêmio Mies van der Rohe

Escuela Técnica Superior de Arquitectura de Madrid



MAIS design na semana do design!



Mesa de pétalas, Hana | Shige Hasegawa.

O amigo Perin enviou esta semana para mim, achei linda e muito original!

"Sensacional esta mesa criada pelo designer japonês Shige Hasegawa. A "Hana" usou o conceito dos origamis para ser desenvolvida. Sem um único prego ou parafuso, suas cinco lâminas de compensado se encaixam de maneira harmoniosa formando uma base sólida, resistente e de visual incrível. Sobre elas um tampo de vidro redondo permite enxergar a flor criada pela composição. A mesa Hana será exibida no Salone Satellite durante a Milan Furniture Fair."


Fonte: Bem Legaus

19 de abr de 2009

Semana do Design em Milão


Fonte: designboom, 2009.

A semana do design de Milão esta às vésperas de iniciar (22 a 27 de Abril de 2009) e no designboom já é possível acompanhar os grandes lançamentos e atrações que vem por ai! A imagem acima consta do site e trás em forma de lista vários produtos para serem conhecidos e explorados mesmo por aqueles que não terão a oportunidade de estar lá! Confira AQUI!

Tudo sobre o evento no ZonaTortona. Há um link sobre os expositores onde são mostrados de A a Z todos os fabricantes e criadores de produtos com os seus respectivos endereços eletrônicos! Vale a pena dar uma navegada nesta área!

Separei algumas peças que me pareceram muito especiais:

A cadeira de Marco Dessi em madeira maciça com um desenho básico e um resultado plástico muito expressivo foi feita para uma loja de móveis alemã
>>Richard Lampert.



As luminárias em acrílico de Emmanuel Babled chamadas de EYE, podem ser suspensas ou usadas com apoios.



Do Studio ITO a série de luminárias KIGOKORO fazem uma analogia às luzes pendentes em galhos.





Design em Milão nas edições Anteriores:

Neste link é possível recuperar um bom roteiro da feira de 2007. E neste outro um roteiro compacto para quem só dispunha de 1 dia! Visite e divirta-se com tudo que há pra ver!

13 de abr de 2009

Concurso | Parque Cultural Valparaiso


Desenho, equipe vencedora, 2009.

No ano de 2007 o arq. brasileiro Oscar Niemeyer elaborou o projeto para o Parque Cultural Valparaiso no Chile (como doação, pela amizade que teve com Salvador Allende e Pablo Neruda). Polêmicas à parte (e houve várias, a começar pela classe de arquitetos chilenos que não aceitou a imposição de um projeto deste porte ser entregue a um arquiteto controverso e de forma tão impositiva) o projeto não vingou, e no início de 2009 foi proposto um concurso. Concursos são, às vezes, também questionáveis mas sem dúvida ainda representam uma forma de participação bem mais democrática na construção da cidade!

Propunha-se ocupar e requalificar a área de uma antiga repartição militar que também funcionou como presídio até 1999 e que fica aos pés de um morro. O local - denominado de Parque cultural ex-cárcel ( ex-cadeia, trad. literal) - já é utilizado pela população como área de lazer, e nele há um pavilhão remanescente (galeria de reos) utilizado em algumas ocasiões para exposições. Saiba mais AQUI.

No concurso foram avaliados 114 ante-projetos e nas últimas semanas de Março já estavam circulando na internet as propostas vencedoras. Entre elas uma menção honrosa ao escritório brasileiro Estudio America dos colegas Lucas Fehr e Mario Figueiroa (profs. da FAU Mackenzie).


Veja no site Concursos de Projetos algumas imagens e pranchas dos projetos premiados.

Veja no site Plataforma os desenhos para o concurso em alta definição.

Os três primeiros lugares ficaram com as equipes:

1o. lugar: Jonathan Holmes, Martín Labbé, Carolina Portugueis e Osvaldo Spichiger.

Plantas e cortes do pavilhão, proposta vencedora, 2009.

2o. lugar: Patricio Mardones, Juan Francisco Garcés, Felipe Ortiz, Pablo Ropert e Rocío Costa.

Infográficos da topografia, proposta 2o. lugar, 2009.

3o. lugar: Oficina de Arquitetura + Paisajes emergentes.

Infográficos, conceitos, proposta 3o. lugar, 2009.


Links relacionados | Aprofunde-se no tema!

Concurso de Anteprojetos Parque Cultural Valparaiso - entenda o concurso

MOP - Ministério de Obras Públicas do Chile

Sim ou não ao projeto de Niemeyer? - saiba mais sobre o assunto

Cancelado projeto de Niemeyer para Valparaiso - o arquiteto depois da 2a. proposta apresentada recusou-se a apresentar uma terceira e a via encontrada foi o concurso!


Copy-Paste de Niemeyer no projeto para Valparaiso? - o arquiteto brasileiro afirma ter feito o projeto para aquele lugar único mas não é o que parece quando comparamos sua proposta à do centro cultural que fez para Avilès na Espanha!

Oficina de Arquitectura | CH - site da equipe vencedora (3o. lugar)

Paisajes Emergentes | CH - site da equipe vencedora (3o. lugar)

Conheça o projeto ARCANA - uma pesquisa feita sobre a prisão de Valparaiso em seu último ano de funcionamento. O projeto deu origem a um filme, um livro e um site.

Pritzker 2009 para Peter Zumthor

Neste ano de 2009 o grande prêmio da Arquitetura Internacional - o Pritzker - foi abocanhado pelo suiço Peter Zumthor. Nascido em 1943, foi antes de tudo um artesão, estudou na Kunstgewerbeschule (escola de artes aplicadas fundada em 1878) na Basiléia e arquitetura no Pratt Institute em Nova York . Trabalhou no Departamento de Preservação de Monumentos em Graubünden, na Suiça onde aprendeu muito sobre os materiais de construção e suas características.

Saiba mais sobre Zumthor e o prêmio conquistado no Urbanearth e na Plataforma.

Mais projetos e videos sobre Peter Zumthor na Plataforma.

Resenha no Vitruvius sobre o trabalho de Zumthor.

7 de abr de 2009

PARIS 2030 | o que vem por ai?


O volume representa as construções que deverão ser pulverizadas pela cidade.

Já estão em evidência na mídia mundial as propostas dos 10 arquitetos convocados por Nicolas Sarkozy (atual presidente da França) para a grande mudança planejada para Paris nos próximos 20 anos.

Jean Nouvel, MVRDV, Richard Rogers, Yves Lyon, Roland Castro, Antoine Grumbach, Bernardo Secchi & Paola Vigano e Christian Portzamparc são alguns dos arquitetos convidados a desenhar o futuro de Paris.

As propostas apresentadas devem contemplar soluções para o desenvolvimento sustentável, a questão dos transportes e as diferenças entre o centro e a periferia. Sarkozy propõe que Paris se torne a metrópole mais sustentável do planeta até 2030! O presidente recomendou concretude mas deixou as equipes livres para sonhar.

O grupo MVRDV acostumado a extrair conceitos e abordagens projetuais da análise de dados não fez diferente: apresenta sua proposta em 4 partes: a síntese, a calculadora de dados (marca registrada), os dados e as observações.



"Paris plus petit" - proposta do MVRDV para a Grande Paris de 2030.

A SÍNTESE define a agenda espacial da cidade: é o coração da proposta e compõe-se de 17 intervenções na cidade baseadas na análise do tecido urbano, seu futuro, os programas necessários e as possibilidades espaciais.

A
CALCULADORA DA CIDADE é uma versão demo de um poderoso software e possível ferramenta de web que quantifica o comportamento e a perfomance da cidade criando parametros de comparação possíveis entre estes.

Os
DADOS fornecem uma ampla e aprofundada visão do funcionamento e performance da grande Paris tendo sido o alimentador das propostas de intervenção espacial.

Os projetos foram apresentados e debatidos em meados de Março (12 a 15) e deverão ser expostos em Paris para o grande público entre os dias 29 de Abril a 22 de Novembro.


Veja algumas notícias espalhadas por ai:

Sustainablecityblog.com

Telegraph.co.uk

Designboom

Revista Veja

Ecoblogue | Portugal

O Carmo e a Trindade | Portugal


Curiosidade:
A Paris central (dos turistas e dos cartões postais) concentra aproximadamente 2 milhões de habitantes e a Grande Paris que esta fora dos anéis periféricos tem uma população de 6 milhões de habitantes e um monte de problemas sociais! Um dos pontos a que estas propostas deverão responder é justamente como UNIR ou evitar ainda mais o ABISMO entre estas zonas no futuro. Fonte: telegraph, março de 2009.

BLOG VIVER ARQUITETURA


Fonte: blog Viver Arquitetura, 2009.

Estes dias conheci o blog "Viver Arquitetura" da Marcele Silveira e gostei muito! Tem de tudo um pouco e a autora, assim como eu, também é professora de arquitetura!

Vai lá e divirta-se! Se quiser comece pela postagem onde ela apresenta o "Jornaldo", o boneco que ela comprou para treinar o desenho da figura humana (e de suas proporções) com seus alunos.

3 de abr de 2009

Ed. Paulicéia | 50 anos


Fonte: makau, Fev. 2009.

Na semana passada comemorou-se o aniversário de 50 anos do Edifício Paulicéia, projeto dos arquitetos Jacques Pilon e Gian Carlo Gasperini, iniciado em 1956 e concluído em 1959.

Situado em plena Av. Paulista o edifício é parte de um conjunto composto por dois edifícios e ocupa um grande lote com frente para duas ruas (Av. Paulista e Rua São Carlos do Pinhal). A implantação ocupou apenas uma pequena parcela do terreno deixando grande parte livre para áreas de uso coletivo.


Exibir mapa ampliado VEJA NO MAPA A LOCALIZAÇÃO

A solução para as unidades também é bastante dinâmica e propõe a criação de três tipologias: apartamentos de 1, 2 e 3 dormitórios. Fato que merece destaque são as metragens destinadas a tais programas: variam de 70 m2 (a menor unidade com 1 dormitório) a 193 m2 a maior (com 3 dormitórios), um luxo nos dias atuais!


Fonte: Revista Acropole, 246 de 1959.

A organização das tipologias no edifício é bastante racional dividindo-se o volume em três "blocos" justapostos (com duas unidades cada e um núcleo de circulação vertical), sendo o "bloco" central o que abriga as menores unidades. Os núcleos hidráulicos e de circulação situam-se numa faixa central e posterior liberando toda a frente do volume para a instalação de grandes esquadrias nas salas e dormitórios.

Um dado curioso é a quantidade de elevadores: para cada "bloco" de duas unidades há entre dois e três elevadores.
Como o edifício tem 23 andares é possível que tal número expresse uma real necessidade.

Morar no Paulicéia deve ser muito bom já que, além da vista e da localização privilegiadas os apartamentos são amplos, com grandes janelas e boa oferta de elevadores!

É..... já não se fazem edifícios como este......uma pena!


Confira a reportagem do Estado de SP sobre os eventos e comemorações dos 50 anos do edifício.

Dica de bibliografia:

AMARAL DE SAMPAIO, Maria Ruth, org. A promoção privada de habitação econômica e a arquitetura moderna, 1930-1960. São Carlos: RiMa Editora, 2002.

Endereço:
Av. Paulista, 960 - ao lado do prédio da Gazeta | Objetivo
Metrô Trianon-Masp ou Brigadeiro