25 de dez de 2009

Lajes de concreto armado

Durante o ano nos atendimentos de projeto o assunto sobre a estrutura em concreto é constante. Nesses dias pesquisando sobre os devidos nomes que se dão às estruturas encontrei um pequeno e útil manual da POLI que explica sucintamente as várias alternativas disponíveis para o lançamento de lajes de concreto armado.

AQUI vai o link! Espero que seja útil a todos!

Um autor que também recomendo aos arquitetos interessados em rever conceitos e aplicações estruturais é o Yopanan Rebello. Seus livros, todos editados pela Editora Zigurate, abordam de forma geral as estruturas de concreto e aço mas também mencionam o comportamento da madeira. Da mesma editora também é possível encontrar volumes dedicados às fundações e ao comportamento das estruturas de aço em casos de incêndio.

Os dois que considero mais úteis são: "A concepção estrutural e a arquitetura" e "Bases para o projeto estrutural".

24 de nov de 2009

EXPO Xangai 2010


Estande Paulistano na EXPO Xangai 2010, fonte Estadão.


No ano que vem teremos mais uma Exposição Universal, esta que será em Xangai, terá entre seus pavilhões um de São Paulo e um do Brasil. A EXPO 2010 faz parte de um evento que acontece no mundo desde 1851 com a grande Exposição Universal de Londres. Tais exposições sempre foram uma oportunidade de mostrar ao mundo as novas invenções e de projetar as nações no cenário econômico internacional. Como evento propulsor de negócios são tão importantes como a Copa do Mundo e as Olimpíadas.

O órgão que organiza as exposições é o
Bureau International de Expositions, um organismo intergovernamental sediado em Paris. A feira de Xangai, estima-se, será visitada por 70 milhões de pessoas, em 239 estandes de países e 55 de cidades escolhidas. Terá a duração de 6 meses e acontecerá entre Maio e Outubro do próximo ano.

Com o tema "Melhor Cidade, Melhor Vida" será uma rica oportunidade para as nações pensarem e mostrarem alternativas para uma vida melhor nas metrópoles (hoje mais populosas do que as áreas rurais). São Paulo será representada por um estande de 400m2 cuja atração será o Projeto Cidade Limpa que retirou do espaço urbano paulistano o excesso e o exagero de comunicação visual de bom e mau gosto!

Daniela Thomas é autora do projeto baseado num pequeno COPAN recheado de imagens de uma cidade limpa, sem poluição, sem trânsito e sem stress (tudo o que ela não é!).

Me engana que eu gosto!! hehehehe...é isso ai!

Eu nunca fui a uma Exposição Universal, mas em 1999 estive em Lisboa e ainda pude visitar alguns edifícios da EXPO 98 como o Pavilhão Português de Alvaro Siza, o Oceanário de Peter Chermayeff e a maravilhosa Estação do Oriente de Santiago Calatrava (um complexo de transportes ferroviário e metroviário que conecta Lisboa ao Parque das Nações (área urbanizada por ocasião da EXPO 98 e que hoje é um bairro moderno à beira do Tejo e com boa oferta de habitação, comércio e serviços).


Links relacionados:

Matéria no blog Métropole do Estadão >>


PARQUEXPO >> empresa que organizou a exposição e hoje atua como sociedade anônima de capital público em projetos de urbanização no mundo todo (no site é possível conhecer alguns projetos no Brasil: Fortaleza e Recife).

Portal das Nações >> rede social do Parque das Nações, aqui é possível conhecer os projetos e os arquitetos que construíram a maioria dos edifícios, acessar a agenda de eventos, consultar serviços e muitas outras coisas.

20 de nov de 2009

Estação de Trens vira Centro Cultural


Proposta vencedora propõe grande cobertura entre os edifícios existentes. Fonte: site 3XN, 2009.

Os arquitetos dinamarqueses do 3XN (cuja obra, pouco convencional vale a pena conhecer) venceram concurso para reurbanização / requalificação (master plan) de uma estação férrea desativada no centro histórico de Aarhus (Dinamarca). A proposta prevê a transformação da estação de trens num complexo cultural de 9 mil m2 com espaços para produção, difusão e experimentação cultural nas áreas de cenografia, literatura e artes visuais. O partido propõe uma grande e complexa cobertura por onde se pode caminhar e que unifica os edifícios existentes através de um grande salão.

Também são previstas áreas para construção de outros edifícios junto ao complexo cultural.





16 de nov de 2009

Especificação de materiais

Pascal Arquitectos, Casa de Meditação, México, 2006.



A opção por este ou aquele material de revestimento é sempre acompanhada por inúmeras questões relacionadas à especificação técnica: qual material, com qual acabamento ou corte, como fixá-lo, como representá-lo etc...

Nesta matéria da AU elaborada por Juliana Nakamura é possível entender um pouco mais sobre a especificação do granito, material de grande durabilidade, baixa manutenção e resultado plástico bastante expressivo.

Com a evolução dos sistemas de fixação as pedras não são mais fixadas ao edifício com argamassa, ficando este sistema limitado a edifícios de até 15m de altura. A NBR 13707 regulamenta o Projeto de Revestimento de Paredes e Estruturas com Placas de Rochas.

Leituras Relacionadas:


MCLEOD, Virginia. Detalhes Construtivos da Arquitetura Residencial Contemporânea. Porto Alegre, Bookman, 2009.

BEINHAUSER, Peter. Atlas de Detalhes Construtivos. Barcelona: Ed. GG, 2009.

9 de nov de 2009

20 anos sem o muro de Berlin!


Dominó gigante de 1000 peças será derrubado hoje.

Hoje faz 20 anos que o muro de Berlin foi abaixo num dos últimos episódios envolvendo a agonia do socialismo europeu. Parece muito tempo mas se refletirmos melhor veremos que muitos jovens recém formados ainda viveram sob esta condição (eu se vivesse na Alemanha Oriental teria passado metade da minha vida assim!).

Parece-nos absurdo uma sociedade viver por tanto tempo dessa forma. Mas se hoje ninguém imagina algo semelhante em nossa sociedade, é bom lembrarmos que ainda existem muitos muros invisíveis nela! Pense nisso!

Para os arquitetos é bom conhecer um pouco da história de Potsdamer Platz, (no séc. XIX conhecida por Platz Vor Potsdamer Thor) um frenético cruzamento próximo ao Tiergarten (imenso parque que também dá nome ao bairro), que bombardeado na II Guerra e com a construção do muro em 1961 transformou-se num enorme vazio simbólico. Potsdamer foi reconstruída a partir da década de 90 transformando-se novamente num importante centro metropolitano de Berlin.

Este processo envolveu vários arquitetos liderados por Renzo Piano, muitos concursos e projetos para 19 edifícios. Para saber mais >>

Links relacionados:

Berlin depois do muro >>

Matéria completa no portal G1 >>

Para saber mais sobre a construção do muro, o seu funcionamento e sua demolição consulte o excelente material produzido pela DW >>

Um dominó de 1000 peças será derrubado na cidade em comemoração ao fim do muro
Estadão >>

Notícia do JN
em Novembro de 1989 >>

Filmes para ver e pensar >> Adeus Lênin e A vida dos outros.

3 de nov de 2009

Anuário Wallpaper

Casa Tic-Tac, destaque na Wallpaper, FGMF, 2009.


A revista inglesa Wallpaper é uma importante referência no mundo do design, da moda e das artes. Em seu site tem áreas específicas destinadas à arquitetura, desenho de interiores, tecnologia e outras áreas afins.

Todo ano ela publica um anuário destacando os jovens arquitetos e designers e as tendências relacionadas a estas áreas.

Revista Wallpaper, anuário de arquitetura 2009.

Os anuários dividem-se em três: arquitetura, retail design (interiores de lojas de varejo) e o graduate directory (formandos destacados nas várias áreas de expressão artística). Na categoria arquitetura de 2009 foi proposto aos arquitetos que projetassem a casa modelo ideal.

Neste ano, representando os jovens arquitetos do Brasil, figura o escritório Forte, Gimenes & Marcondes Ferraz destacados com o projeto da casa TIC TAC. Uma habitação que, relacionando o cotidiano dos habitantes à passagem do tempo e das estações (e porque não do humor de cada dia), propõe uma casa mutante. No projeto quatro núcleos móveis relacionam-se ao núcleo fixo central (onde localizam-se a cozinha e o banheiro) promovendo uma rica diversidade de opções de vivência, mesclando de forma sútil e às vezes radical os limites entre espaços públicos e privados.

Na revista é possível conhecer as outras 29 casas de outros arquitetos com link para seus portfolios.

Recentemente o mesmo grupo recebeu o 9o. prêmio "Jovens Arquitetos" promovido pelo IAB em São Paulo com uma escola em Várzea Paulista para a FDE. Veja o hot link >>

29 de out de 2009

Arquitetura Móvel?

Fonte: site da disciplina de Diploma5, da UEL, London, 2009.

Goethe teria dito certa vez que a arquitetura era música congelada. Em tempos de aquecimento global, talvez seja tempo de descongelamento.

Como provocação acerca das possibilidades da arquitetura tornar-se mais fluída, os alunos e colaboradores do blog da disciplina Diploma 5 da UEL - University of East London, postaram uma nota com pequenos textos, imagens e um video onde propõem uma reflexão acerca das questões que rondam a nossa arquitetura (ainda tão) estática.

Citando Archigram, Nox e Heatherwick Studio com suas experiências de cidades móveis, interfaces de comunicação entre arquitetura e usuários e componentes flexíveis o autor constrói com pouco texto e muito humor uma crítica à arquitetura tão sólida e estática.

Vale a pena conferir e acompanhar!

Vai lá! LINK>>>

23 de out de 2009

EXPO 30 anos Brasil Arquitetura

Ontem estive no Simpósio Internacional de Arquitetura promovido pelo SENAC (evento de lançamento do curso de Arquitetura e Urbanismo) e o arquiteto Marcelo Ferraz estava lá. Justificou-se por não poder ficar até o final em função da inauguração de uma exposição no Centro Universitário Maria Antonia em homenagem aos 30 anos do escritório Brasil Arquitetura. Convidou-nos a todos! Muito simpático por sinal mas não pude ir pois tinha que dar aula!

Então aqui vai a dica para a exposição "Brasil Arquitetura, a tradição do novo" que felizmente ficará em cartaz até Janeiro de 2010. Vai lá!

Rua Maria Antonia, 294

Links relacionados:

Fotos e nota sobre a inauguração no Arq.Bacana

Brasil Arquitetura - site do escritório

19 de out de 2009

Livros

Duas dicas de livros para esta semana:

Rafael Moneo Diseñador (CAPELLA, Juli. Barcelona: Editora Santa & Cole, de 2003) - mostra a faceta menos conhecida de Moneo como desenhista industrial. Para ele "tudo é arquitetura". À partir da pequena escala ele nos oferece uma aula magistral sobre arquitetura. Texto em espanhol e inglês. Aproximadamente 35 euros.


De la Construcción a los Proyectos (STRIKE, James. Barcelona: Editorial Reverté, 2004) - Uma das maneiras mais proveitosas de entender a relação entre construção e o projeto é examinar a evolução dos materiais e as maneiras de construir ao longo da história. Texto em espanhol. Aproximadamente R$100,00.



18 de out de 2009

Julio Gaeta & Springall | México

Oficina Gaeta & Springall, site, 2009.

Aproveitando a proximidade do simpósio "O arquiteto e a cidade contemporânea" promovido pelo SENAC-SP no lançamento de seu bacharelado em Arquitetura e Urbanismo (22 de Outubro das 8h às 18h no campus Santo Amaro) apresento o site dos arquitetos Julio Gaeta e Luby Springall presentes ao evento.

Julio é uruguaio, fez estudos de pós-graduação no Brasil (UFGRS) e mudou-se para o México em 2002. Luby tem formação em arquitetura pela UIA (Universidad Iberoamericana) e também em Artes Plásticas pelo Royal College of Arts de Londres. Ambos são editores da Revista Elarqa sendo ele seu fundador.

Projetos desenvolvidos, site, 2009.

O escritório atua desde 2001 e em seus poucos anos de existência já amealhou vários prêmios em projetos tanto no México como no exterior.

Links relacionados:





17 de out de 2009

Prêmio Revista Arq. e Construção

Conjunto de casas na Freguesia do Ó | Revista Arquitetura e Construção, 2009.

Esta no ar o link para conhecer e votar nos projetos inscritos e selecionados pela Revista Arquitetura e Construção da Editora Abril para o prêmio "O Melhor da Arquitetura 2009" (em sua 2a. edição).

Divididos por categorias (intervenção urbana, retrofit, residencial, institucional e comercial) os projetos são mostrados em no máximo duas imagens e (pasmem!) nenhum desenho, o que para os arquitetos pode parecer insuficiente. Mas, considerando-se que esta revista tem como público alvo não apenas os arquitetos, não deixa de ser interessante a iniciativa, afinal se a arquitetura continuar sendo em nosso país algo feito e consumido apenas por arquitetos estará destinada a desaparecer como manifestação cultural ou como profissão! Pense nisso!

Vai lá! Tem alguns projetos bem interessantes que eu não conhecia como um conjunto de 17 casas populares na Freguesia do Ó, um centro de cultura em Araras e outro em Pardinho (feito com bambu) e uma praça na Pampulha em BH.

Na área residencial (unifamiliar e coletiva) há bons projetos e em ambas as categorias participam colegas (que também são professores da UNIP)! Que vençam os melhores!

16 de out de 2009

Projetar 2009 termina hoje

Logo do evento, Batagliese Arquitetos e Designers, 2009.


Termina hoje o IV Congresso Projetar que aconteceu nesta semana (13 a 16 de Outubro) em São Paulo. Eu participei e tenho muito para compartilhar com os leitores por aqui. O farei assim que for possível organizar melhor as idéias e recolher links e dicas de artigos para leitura!

Por ora posso adiantar que o encontro foi muito positivo e pudemos conhecer experiências e pontos de vista diversos sobre a pesquisa em projeto (tema do evento). Além, é claro, de ser uma ótima oportunidade de rever alguns colegas. Confira abaixo a apresentação do trabalho enviado ao congresso ("Projeto é Construção").

8 de out de 2009

O futuro da locomoção!

Fonte: site Yikebike, 2009.

Se você pensa que no futuro melhores sistemas de transporte de massa podem ser a saída para a nossa locomoção nas metrópoles congestionadas, poluídas e estressantes.......pode estar enganado!

Um grupo de empreendedores, visionários e sonhadores desenvolveu a YIKEBIKE, um novo conceito de aparato para locomoção individual portátil, leve e ecológico.

A YIKEBIKE é feita de fibra de carbono, pesa menos de 10kg, funciona a eletricidade, é dobrável e vai com você para todos os lugares! O único problema ainda é o preço: por volta de 3.500 libra$!

Vai lá e conheça o projeto, você ainda vai querer ter uma YIKEBIKE!

>> Saiba mais sobre a história e o conceito em MINIFARTHING.

26 de set de 2009

Feira Boliviana em São Paulo

Imagem Google, 2009.

Existe um lugar em São Paulo onde os bolivianos gostam de se encontrar para ouvir música, dançar e comer pratos típicos: é a Praça Kantuta no Pari. Essa história começou em 2001, quando alguns bolivianos se reuniram na Praça Padre Bento e começaram a vender produtos típicos; a "feira" atraiu tanta gente que começou a tumultuar o tráfego local chamando a atenção das autoridades. A Prefeitura sugeriu que formassem uma associação e juntos buscaram um novo local para que a feira continuasse a ocorrer (no mesmo bairro do Pari, onde vivem a maioria dos bolivianos em São Paulo).

Localizada desde então numa área livre pública junto à Rua das Olarias x Rua Pedro Vicente x Rua Carnot tal área foi batizada como Praça Kantuta e recebe centenas de visitantes aos domingos das 11h às 19h.

Vai lá! É um programa bem divertido: comidinhas típicas, venda de cereais, artesanatos & bebidas, música latina e de quebra ainda dá pra você treinar seu espanhol! >> Feira Boliviana Kantuta.

Esta "pequena Bolívia em São Paulo" integrou o projeto Post-it City | Occasional Urbanities, fruto de uma pesquisa colaborativa entre o Centre d´art de Santa Monica (Barcelona) e o Centro de Cultura Contemporânea de Barcelona CCCB. A exposição inicialmente apresentada em Barcelona já esteve em Santiago, Buenos Aires e São Paulo e retorna à São Paulo a partir de hoje no CCSP >> Post-it City no CCSP.




>>Mostra Post-it City no CCSP - de 26/09 a 29/11 - 10h às 20h


22 de set de 2009

Noche Blanca en Madrid

Noche en Blanco from timelapses.tv on Vimeo.


Aconteceu no último sábado em Madrid a "noche blanca", algo semelhante à nossa Virada Cultural, inspirada nas noites brancas francesas. Luis Caldevilla do studio timelapses.tv fez um filme (usando a técnica do time lapses) mostrando a virada na Gran Via, uma das avenidas mais movimentadas e importantes do centro de Madrid. Deu vontade de estar lá! Assista!

No site timelapses.tv é possível assistir a outros videos feitos com a mesma técnica, entre eles o Madrid Segway (passeio por Madrid num segway) e o Voando pelo Japão (vistas incríveis das maiores cidades japonesas do alto e do chão). Imperdível!

21 de set de 2009

Uma verdade inconveniente



Ontem, com alguns anos de atraso, assisti no canal NatGeo o documentário "Uma verdade inconveniente" e recomendo a todos! Os efeitos do aquecimento global para a humanidade não são novidade para ninguém mas assistir ao filme te coloca num patamar de esclarecimentos que todo cidadão do mundo devería ter a obrigação de conhecer!

O documentário é alarmante e mostra infelizmente aquilo que muitos de nós já estamos acostumados a viver desde sempre.....o maior entrave para reverter o aquecimento global chama-se VONTADE POLÍTICA!

Al Gore utiliza um pouco da história de sua vida para descortinar os problemas do aquecimento global e mostra como este já estava sendo delineado desde os primórdios das décs. de 50/60, fala dos EUA como o maior emissor de carbono do planeta e da má vontade dos políticos em procurar soluções justificando que tudo isso é um grande exagero ("veja bem, não é bem assim....").

Imperdível! Se ainda não viu, assista e divulgue! A humanidade pode frear o aquecimento global, mas para isso precisa unir-se e conhecer o problema de perto!

Saiba mais no site que disponibiliza informações, apresentações para divulgações escolares e ainda dá dicas de como minimizar a emissão de CO2 na atmosfera entre outros assuntos relevantes >> An Inconvenient Truth

Em Setembro em cartaz no NatGeo

17 de set de 2009

Arquitetura Croata | Simpósio no ARCAM


(fonte: Arcam, 2009)

Indagando sobre as vanguardas arquitetônicas croatas dos sécs. XX e XXI o arquiteto e crítico vienense Adolf Stiller contribuiu para a exposição "CONTINUITY OF THE AVANT-GARDE|fragments of Croatian Architecture from modernism to 2009". Inaugura neste sábado (19/09/2009) no ARCAM em Amsterdam a exposição sobre arquitetura croata.

Dividida por períodos, organiza os projetos dos anos trinta, quarenta, cinquenta e sessenta e dos anos noventa até 2009. O foco são projetos habitacionais, edifícios escolares, igrejas, monumentos e projetos de infra-estrutura em cidades como Zagreb, Split e Dubrovnik. Estão presentes entre outros os arquitetos Frane Cota, Stjepan Planic, Nikola Dobrovic, Ivan Vitic, Kazimir Ostrogovic, Hrvoje, Njiric e 3LHD.

Se por um lado a questão das vanguardas não se elucida diretamente por este conjunto de obras, o mesmo propõe um questionamento ainda maior: como foi possível fazer arquitetura de tão boa qualidade em meio a tantas guerras?

A mostra é acompanhada por um catálogo em inglês realizado em parceria com a Revista ORIS.

Veja nota e programação no boletim do ARCAM.

* Por baixo das escadarias da orla de Zadar há um sistema de pistões que acionam um órgão gigante a partir do movimento das marés. É inacreditável! Saiba mais AQUI!

14 de set de 2009

Abertura do IlustraBrasil 6 é hoje!

Ilustração de Fabiana Shizue, site, 2009.

Hoje acontece a abertura do Ilustra Brasil n. 6. O evento, que reune os ilustradores brasileiros mais interessantes do momento, começa hoje à noite com coquetel de abertura lá em Higienópolis! Minha amiga Fabiana Shizue estará expondo! Pra conhecer o trabalho dela pela net é só visitar o site dela!

A mostra começa hoje no Centro Universitário Maria Antonia no Prédio Joaquim Nabuco, na Rua Maria Antonia, 258. Vai até o dia 15 de Outubro com palestras e oficinas. Pra quem gosta de ilustração é uma ótima opção de programa! Vai lá!

Saiba mais no site do IlustraBrasil.

4 de set de 2009

A luz de SIZA | video

O arquiteto português Alvaro Siza (1932), prêmio Pritzker de 1992, é um dos meus favoritos. Em minha viagem à Portugal em 1999 tive a rara oportunidade de visitar alguns edifícios projetados por ele, fiz um curso na Faculdade de Arquitetura do Porto (FAUP-projeto dele) e recentemente estive em Porto Alegre visitando a Fundação Iberê Camargo, projeto seu em solo brasileiro (aproveite a oportunidade para visitar!). Neste vídeo (dividido em 4 partes de 7 1/2 minutos cada) é mostrado um pouco da vida, da obra e do pensamento deste mestre que transforma reflexões e traços em espaços de luz e de vida. São mostrados os projetos da Piscina das Marés, a Casa de Chá da Boa Nova, a Fundação Serralves, o Centro Galego de Arte Contemporânea (Santiago de Compostela), a Igreja de Marco de Canavezes, a Quinta da Malagueira, o Chiado entre outros. Disponibilizo o primeiro video aqui, assista os demais na sequencia (o próprio youtube disponibiliza na tela).

3 de set de 2009

Affonso Reidy | Pedregulho RJ

Fonte: Blog The Urbanearth, de 2009.

Aproveitando meu passeio diário pela rede encontrei no The Urbanearth, da colega Cecília Lucchese, uma postagem excelente sobre o Conjunto Pedregulho de Affonso Eduardo Reidy no Rio de Janeiro. Apesar da distância que nos separa do panorama arquitetônico contemporâneo, mostra-se atualíssimo ao incorporar ao projeto espaços públicos e equipamentos coletivos numa comunidade distante do centro e carente de lazer e serviços básicos como saúde e educação.


Outra iniciativa de conjunto multifuncional proposto por Reidy na déc. de 50 que infelizmente não logrou sair do papel foi o projeto para o Cine Rio em Copacabana, um conjunto misto com habitações de tipologias variadas, cinemas, lojas e estacionamentos. Veja imagens do projeto no site ArqBacana!

30 de ago de 2009

Ciclofaixa na zona sul começou hoje!

Eu estava lá! E você?

O prefeito Gilberto Kassab também foi de bike e vestiu a camiseta!

Ciclistas na Av. República do Líbano.

Ciclistas na Av. Nova Faria Lima.

Ainda somos escravos do trânsito......


Inaugurou neste domingo em São Paulo (na zona sul) uma ciclofaixa para ciclistas de todas as idades e estilos. Esta, que liga o Parque das Bicicletas ao Parque do Povo, passando pelo Parque do Ibirapuera tem aproximadamente 5 km e funciona aos domingos das 7h00 às 14h00.

Longe de ser considerada uma solução para os ciclistas, tal iniciativa pode ser o início de um processo de conquista das vias públicas pelas bicicletas. Em São Paulo há 10,5 km de ciclovias, muito pouco se comparado aos 16 mil quilometros de vias públicas (fonte: CET, 2009).

Eu estive lá e, apesar de alguns inconvenientes próprios em dias de inauguração ( em alguns lugares era preciso atravessar ruas e avenidas cujas faixas e tempo de travessia não comportavam o número de ciclistas, ou em alguns casos era preciso utilizar as calçadas por exemplo), foi muito gostoso poder ir de um parque ao outro com mais segurança e sinalização adequada.

Alguns motoristas irritados com o trânsito gerado ou mesmo por falta de cultura comportaram-se bem mal buzinando quando os ciclistas ainda atravessavam as faixas!

No geral a ação foi muito positiva! Que venham mais ciclovias e ciclofaixas e que num futuro não tão distante possamos ter a bicicleta como um meio alternativo de transporte em nossas cidades!

OBS. Diferença entre ciclofaixa e ciclovia >> a primeira são faixas pintadas e destinadas ao uso de bicicletas em horários determinados e não há separação física. As ciclovias são espaços destinados ao uso de bicicletas, há trechos exclusivos para bicicletas e outros são compartilhados com pedestres (fonte: CET, 2009.)

Links relacionados:


28 de ago de 2009

9o. Prêmio Jovens Arquitetos

Aconteceu ontem à noite a premiação da nona edição do Prêmio Jovens Arquitetos promovido pelo IAB com apoio da Pini, entre outros. O concurso, promovido a cada dois anos, "contribui para a análise das tendências da produção nacional" (matéria da Pini). Nesta edição, com 105 trabalhos inscritos, cinco foram premiados e 9 receberam menção honrosa. Na categoria enaios críticos com apenas dois trabalhos inscritos não houve premiação. A categoria de urbanismo, cujo juri foi composto por Hector Vigliecca, Nadia Someck e por meu amigo Leandro Schenk (Studio Ilex) apresentou poucos inscritos levando-nos a supor um espaço a ser ocupado pelas novas gerações. No entanto, como apontou Nadia Someck: todos os projetos apresentados são, de alguma forma, urbanos, por menor que seja sua escala. " Um edifício também constrói a cidade, porque faz parte de uma trama urbana."

A exposição pode ser visitada no Museu da Casa Brasileira até 6 de Setembro. Vai lá!

Veja o resultado e alguns projetos no link da PINI.

25 de ago de 2009

Projetos em desenhos e imagens


Diller Scofidio, concurso MIS. Primeiro prêmio, 2009.

O blog ArqPB do colega Oliveira Junior "é dedicado a publicar projetos, artigos e idéias sobre a produção do espaço da cidade, além de outros temas afins."

Passeando por lá deparei-me com uma extensa lista de desenhos e imagens dos projetos do Joaquim Guedes e não é só isso!! Tem muito mais!

18 de ago de 2009

Bibliotecas Públicas

Biblioteca de Peckham (Londres), de Alsop Architects (2000). Fonte: Peckhamvision, 2009

Bibliotecas são lugares onde se guardam livros (mas não só). Nos últimos anos passaram a incorporar uma série de novas atrações como espaços para leituras públicas, eventos multimídia, terminais de pesquisa on line e até áreas livres abertas para leitura ou descanso. Seu programa estendeu-se além das estantes e hoje abrigam até auditórios. Algumas como a de Nova York por exemplo servem até como espaço para eventos e festas (de casamento!).

Para estudar bibliotecas inicie por Louis Kahn (Exeter) e Alvar Aalto (várias).

O site da PMSP disponibiliza uma área em seu portal dedicado a estes incríveis espaços dedicados à difusão cultural. Conheça e visite!

Bibliotecas públicas em São Paulo >> Site PMSP




17 de ago de 2009

Site do Jorge Bassani já esta no ar!

O Jorge Bassani é meu colega na UNIP e agora também professor da FAU-USP. Segue o link do seu site, que pretende contribuir para as discussões sobre cidades, arte, design e arquitetura. Ainda em construção, será atualizado sistematicamente de acordo com a produção dele em pesquisas nestas áreas. Ele convida a todos a colaborarem e adoraria receber sugestões e comentários. Visitem!



8 de ago de 2009

Museu Exploratório de Ciências | Unicamp



Proposta vencedora de Daniel Corsi (acima) e da equipe japonesa: necklace, o colar de diamantes (abaixo).


Aconteceu ontem na Unicamp (07/08/2009) a última etapa do Concurso Internacional de Arquitetura para a sede do Museu Exploratório de Ciências. Eu estive lá e acompanhei a apresentação oral de todas as equipes. Os finalistas foram três equipes brasileiras, uma americana e uma japonesa. Os brasileiros apresentaram propostas baseadas no pavilhão (e suas variáveis), o americano um edifício mais complexo e com algumas estruturas espalhadas pelo terreno e a equipe japonesa surpreendeu com a melhor, mais criativa, mais original e mais econômica proposta entre todas. Infelizmente não foi a grande vencedora mas levou o meu voto!

A equipe vencedora foi a do brasileiro Daniel Corsi (CHN >>) cuja proposta, baseada na relação homem x natureza, explorou a apreensão do museu em várias escalas relacionando-as às escalas da paisagem.

"O museu como fenômeno e o fenômeno como paisagem" com estas palavras o autor conceitou seu projeto numa apresentação muito clara e pontuada por referências: a estrutura, assim como a "pele" do pavilhão aludem aos significados técnicos e tecnológicos do funcionamento próprio das estruturas e mostram-se claramente expostos ao público. Os painéis metálicos de revestimento são perfurados de acordo com combinações retiradas da teoria dos fractais de Von Koch derivando num jogo muito bonito de luz e sombra dentro do espaço museográfico.

A proposta dos japoneses (Tomohiko Amemiya), conceitualmente mais instigante, propunha envolver a praça do tempo e do espaço através de um colar (sistema de circulação livre) formado por paredes duplas de tijolos conformando níveis de abertura através de "poros" (aberturas) estabelecendo com o terreno gradações de contato diversas (ora a parede era alta, ora encontrava-se em nível e assim por diante).

Junto ao colar localizam-se as "pedras" ou diamantes que são as estruturas do museu propriamente dito. Nelas encontram-se a loja, a cafeteria, a biblioteca e as salas de exposição. Algumas dessas estruturas tem cobertura em vidro e todas elas tem cobertura de água para resfriamento. A idéia é a natureza (como fenômeno da ciência) também ser incorporada à visita: sol, chuva, vento, calor, frio e vapor fazem parte do percurso exploratório do museu. O visitante, mesmo que não vá a nenhuma exposição, pode explorar o sistema de circulação e ter contato com o espaço do museu, talvez até interessar-se por ele a partir deste contato inicial.

Ganhou o meu voto, mas não levou o prêmio, ficou em 2o. lugar! Parabéns a todos os participantes. Parabéns à organização do concurso pela iniciativa de tornar pública esta apresentação. Para todos que participaram foi uma grande aula de projeto!

Links relacionados:


Museu Exploratório de Ciências - Nota sobre a premiação

Revista MDC - Sobre o concurso

concursodeprojeto.org - Resultado da Fase I

concursodeprojeto.org - Imagens dos projetos finalistas

Vitruvius - Edital, cronograma e prêmios

18 de jul de 2009

Praça Embaixada de Israel | Buenos Aires


Plaza Embajada de Israel, Buenos Aires. makau, 2007.

O atentado à Associación Mutual Israelita Argentina (AMIA) ocorrido em 1994 completa hoje 15 anos e pouco se conseguiu desvendar sobre aquele triste acontecimento que provocou a morte de 85 pessoas e feriu mais de 300. Dois anos antes foi a vez da Embaixada de Israel em Buenos Aires, que sofreu um atentado de proporções semelhantes, porém com um número menor de vítimas fatais. Ambos os atentados deixaram feridas difíceis de curar e certamente hoje é um dia difícil para muitas famílias argentinas. Nada a comemorar, apenas a lembrança de um dia que podería não ter existido.


Fonte: site Embaixada de Israel em BA, 2009.

Lembrei desses fatos porque o canal Discovery exibe um documentário a respeito neste final de semana. Daí lembrei também que quando estive em Buenos Aires visitei a
Plaza Embajada de Israel, uma praça seca objeto de concurso construída no local da embaixada destruída em homenagem aos mortos.


makau, 2007.

Organizado pela Sociedad Central de Arquitectos (SCA) o Concurso Internacional de ante-projetos para a Praça Embaixada de Israel teve como finalista o trabalho dos arquitetos Gonzalo Navarro, Hugo Gutierrez, Patrício Martín e Hector Fariña.

Houve 150 inscritos e foram oferecidos mais dois prêmios (1o. e 2o. lugares) e três menções:

2o. lugar: Pablo Rozenwasser, Daniel Silberfaden e Gerardo Caballero;
3o. lugar: Ernesto Lacalle;
1a. menção: Fernando Francisco Mera;
2a. menção: Juan Ignacio Munuce, Soledad Loyola e Daniel Soria;
3a. menção: Alejandro Stoberi, Manuel Martí e Fernando Molina.



makau, 2007.

Links Relacionados:

Informações sobre o concurso


Sociedad Central de Arquitectos

Sobre o projeto (com desenhos)

Canal Discovery Brasil

Atentado AMIA


Marcas Urbanas


Endereço da praça: Calle Suipacha x Calle Arroyo, visite!