25 de jul de 2008

Edifício E1 - Campus USP São Carlos



Fonte: desenho publicação; imagem: makau, 2006.

Estou de férias (hummm que delicia são as férias escolares!) e por isso a demora em postar....mas já que estamos quase voltando às salas de aula lembrei-me de registrar aqui o elegante edifício E1 da Escola de Engenharia de São Carlos (USP - São Carlos), onde estudei, projeto de Hélio Duarte e Carvalho Mange, de 1953.

Moderno, peregrino, educador

Decerto, Helio Duarte foi um dos arquitetos modernos com o perfil mais improvável entre seus pares de geração. Heróis da prancheta, realizadores de edifícios e cidades da utopia moderna, ele se distinguiu de seus contemporâneos ademais por perseguir também outra utopia: a da educação. Arquiteto que enfrentou toda a gama de projetos educacionais, de creches a cidades universitárias, seu esforço não foi apenas o de materializar os lugares de ensinamento. Helio Duarte foi dos poucos modernos a abraçar uma dedicada carreira acadêmica paralela à sua atuação de prancheta. Ele foi o principal responsável pela criação do mais prestigioso programa de pós-graduação do Brasil, o da Fau-USP, e foi virtualmente o "inventor" dos trabalhos finais de graduação - hoje consagrados em todas as escolas. Peregrino, suas obras e presença se disseminaram no Rio de Janeiro, Bahia, São Paulo, Santa Catarina, Ceará e Brasília. Não foram poucos os rastros deixados pelo arquiteto carioca.

Hugo Segawa - encarte da revista AU80 que apresenta versão resumida de um ensaio sobre Helio Duarte.

Nenhum comentário: